Edição No. 25 (Junho de 2007) Ano XI

 

 

 

 

 
 

Ao Senhores Presidentes do Conselho Federal de Medicina, Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais e Associação Brasileira de Psiquiatria

 

ILMO SR- DR Edson de Oliveira Andrade-Presidente do Conselho Federal de Medicina

 

ILMO SR-DR Maurício Leão de Rezende-

Presidente do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais

 

ILMO SR-DR Josimar Mata de Farias França

Presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria

 

 

Senhores Presidentes

 

Doutores, na condição de médico psiquiatra em Minas Gerais, CRMMG 29441 e sócio-especialista da Associação Brasileira de Psiquiatria, especialista em psiquiatria pela ABP/AMB e pelo Hospital das Clínicas de Minas Gerais-UFMG, com consultório situado à Avenida do Contorno, 7069, andar 14, cep 30110110, tel de consultório- 31-32926299, tel residencial 31-34812510 e cel 31-99544013,RG M-9-170109, cpf 035-484856-93, em Belo Horizonte-Minas Gerais e com e-mail r.nicolato@task.com.br e rodrigonicolato@gmail.com, solicito a avaliação do concurso de médico psiquiatra em Belo Horizonte-Minas Gerais, com informações deste concurso promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte-Minas Gerais, coma entidade promotora de concurso de nome Fundação Mariana Resende Costa-FUMARC.As informações sobre este concurso estão acessíveis no endereço eletrônico http://www.fumarc.com.br/f_concursos/principal_concursos_detalhes.php?concurso=225, acessado em 23 de setembro de 2006.

A temática e a bibliografia do concurso de psiquiatria é muito semelhante às temáticas e bibliografias do concurso de psicólogo, o que já representa extrema incoerência.A bibliografia é de origem anti---psiquiátrica e extremamente ultrapassada, contrapondo-se às conquistas acadêmicas e clínicas ocorridas na psiquiatria dos últimos dez anos.A bibliografia não permite que o candidato possa ser escrutinado quanto a conteúdos recentes da psiquiatria.A bibliografia seleciona por meio de vieses ideológicos anti-manicomiais e anti-médicos o perfil de médicos que a Prefeitura de Belo Horizonte deseja ter em seus quadros.Há na bibliografia, várias revistas de circulação restrita a órgãos de saúde mental local, sem qualquer respaldo acadêmico. Há autoras, como Ana Marta Lobosque, com nítidas inspirações anti-psiquiátrica, ou  melhor, anti-médica.A bibliografia, em determinados momentos, parece se destinar a concursos para especialização em filosofia ou psicanálise, em detrimento de temática clínica, psicopatológica, nosológica, urgências psiquiátricas e psicofarmacologia.Sendo temáticas e bibliografias do concurso de psiquiatria e psicologia extremamente semelhantes, há uma menção nítida de desrespeito ao ato médico, sobretudo em instituição( Prefeitura de Belo e Coordenação de Saúde Mental de Belo Horizonte possuem clara posição de anular a importância do médico-psiquiatra, priorizando o atendimento por meio de acolhimento de profissionais de nível de superior, além de nítida posição anti-psiquiatra).

Por tudo exposto, apesar da provável dificuldade de se contestar concursos públicos e a autonomia dos mesmos e das instituições citadas, gostaria, ao menos de denunciar a perigosa ideologia anti-médica , anti-psiquiátrica e extremamente ultrapassada que impera nos concursos públicos para psiquiatria da Prefeitura de Belo Horizonte dos últimos dez anos.

Cordialmente, agradeço pela atenção destes 3 líderes médicos do país.

 

Assinado,

Dr Rodrigo Nicolato-CRMMG 29941, médico psiquiatra

 

 

 

 

TÉCNICO SUPERIOR DE SAÚDE - PSICÓLOGO

 

Conteúdo Programático:

1. A história das relações entre sociedade e loucura: a loucura nas diferentes épocas; o nascimento do hospital psiquiátrico; o saber e o poder psiquiátricos na constituição do conceito de doença mental.  

2. As Reformas Psiquiátricas: as experiências reformistas (comunidades terapêuticas, psiquiatria de setor, psiquiatria preventiva); as experiências em ruptura com o modelo psiquiátrico tradicional ( a antipsiquiatria, a psiquiatria democrática). Modelos atuais de Reforma Psiquiátrica, especialmente as experiências brasileira e italiana. A prática dos serviços substitutivos em Belo Horizonte.

3. A legislação referente à Saúde Mental. As relações entre loucura, cidadania e direito.

4. A clínica:

- Nosografia, nosologia e psicopatologia.

- O cuidado em saúde mental : a superação do dualismo entre a intenção terapêutica e os imperativos da normalização social, a articulação entre clínica e reabilitação psicossocial e a construção do projeto terapêutico usuário centrado, o trabalho multidisciplinar e a clínica feita por muitos, o lugar da  psicofarmacologia, dos saberes psicológicos e psicanalíticos, da abordagem familiar e das estratégias de reabilitação.

5. Noções básicas de psicanálise e suas interfaces com a psiquiatria e a saúde mental.

6. As interfaces com a Lei, a Educação, a Ciência e outras instâncias e poderes da Sociedade no contexto do “Mal estar  na Civilização”, tendo em vista a Reforma Psiquiátrica.

 

Referência Bibliográfica:

Foucault  M. A Loucura e a Sociedade. In: Barros da Motta M (ORG.). Ditos e Escritos; Michel Foucault: Problematização do Sujeito. Forense Universitária, Forense Universitária, 1ª edição, 1999.

Machado R. Uma arqueologia da percepção. In: Machado, Roberto. A trajetória da arqueologia de Foucault. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

Foucault M. Doença Mental e Psicologia. Edições Tempo Brasileiro, Rio de Janeiro, 3ª edição, 1988.

Desviat M. A Reforma Psiquiátrica. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 1999.

Rotelli F, De Leonardis O, Mauri D. Desinstitucionalização, uma outra via. IN: Nicácio F(org.). Desinstitucionalização. São Paulo: Editora Hucitec, 1990.

Loucos pela vida: a trajetória da reforma psiquiátrica no Brasil. Amarante P (org).  Rio de Janeiro: SDE/ENSP, 1995.

Abou-yd M,  Lobosque AM. A cidade e a loucura: entrelaces. In:  Dos Reis AT et al (org). Sistema Único de Saúde em Belo Horizonte: Reescrevendo o público. Xamã Editora, São Paulo, 1998.

Campos  C.R. Cidadania, Sujeito, Cersam e Manicômios. Em: Metipolá, Revista do Cersam Leste. Belo Horizonte: Prefeitura de Belo Horizonte. Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates

Hospitais psiquiátricos: saídas para o fim. Abou-yd M (org), Belo Horizonte, Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais, 2002.  Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates

Lobosque AM. Clínica em movimento: o cotidiano de um serviço substitutivo em Saúde Mental. In: Clínica em movimento: por uma sociedade sem manicômios. Rio de Janeiro : Editora Garamond, 2003.

Lei Federal 10. 216, de 6 de abril de 2001. Disponível Site da Inverso: http:///www.inverso.org.br  Link: legislação brasileira/leis federais

Leis estaduais: Lei 11 802, de 18 de janeiro de 1995, e Lei 12. 684, de 1 de dezembro de 1997. Disponível no Site da Assembléia Legislativa: www.almg.gov.br link: legislação mineira

Otoni Barros F. O PAI-PJ- Projeto de atenção interdisciplinar ao paciente judiciário. In: Caderno de Textos. III Conferência Nacional. Cuidar sim, excluir não. Brasília: Ministério da Saúde, 2001  Disponível no site da Inverso:http://www.inverso.org.br

Link  biblioteca/relatoriosemanuais/caderno de texto da 3ª conferência de saúde mental/cap. XVIII (psiquiatra e justiça)

Godinho Delgado PG. Pessoas e Bens: Sobre a cidadania dos Curatelados. In: Amarante P, Bezerra JR B ( orgs. ). Psiquiatria sem Hospício: Contribuições ao estudo da Reforma Psiquiátrica. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1992.

Ajuriaguerra, J. e Marcelle D. Os grandes agrupamentos nosográficos. In: Manual de Psicopatologia Infantil. Porto Alegre, Artmed, 5ª Edição, 1998.

Dalgalarrondo P. Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais. Porto Alegre, Artmed, 2000.

Saraceno B,  Asioli  F, Tognoni G. Manual de Saúde Mental: Guia básico para atenção primária. São Paulo, Hucitec, 1994.

Saraceno, B. Libertando Identidades: da reabilitação psicossocial à cidadania possível. Rio de Janeiro: IFB/ Te Corá editora, 1999.

Ey H. et alli. Manual de Psiquiatria, 5ª edição. Rio de Janeiro. Masson e Atheneu Editoras, 1978

Freud S. Análise de uma Fobia em um menino de 5 anos ( O " Pequeno Hans " )  (1909 ). Obras Psicológicas Completas, volume X. Rio de Janeiro: Imago Editora.

Freud S. A dissolução do Complexo de Édipo ( 1924 ). Obras psicológicas Completas, volume XIX. Rio de Janeiro: Imago, Editora.

Freud S. A organização Genital Infantil ( 1923 ). Obras Psicológicas Completas, volume XIX. Rio de janeiro, imago Editora.

Freud S. O caso de Schreber : Notas psicanalíticas sobre um relato autobiográfico de um caso de paranóia (dementia paranóides ) ( 1911 ). In: Freud, Sigmund. Obras Psicológicas Completas, volume XII. Rio de Janeiro: Imago Editora

Freud S. A perda da realidade na neurose e na psicose ( 1924 ). In: Freud, Sigmund. Obras Psicológicas Completas, volume XIX. Rio de Janeiro: Imago Editora.

Freud S. O Mal Estar na Civilização (1930). Obras Psicológicas Completas, volume XXI. Rio de janeiro, Imago Editora.

Lobosque AM. Neuroses x psicoses: uma primeira abordagem quanto ao diagnóstico diferencial. In: Experiências da loucura. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2001.

Viganó C. A construção do caso clínico em saúde mental.  Curinga, Periódico da Escola Brasileira de Psicanálise- MG; 1999: n.13. Disponível na biblioteca da Escola Brasileira de Psicanálise

ZENONI A. A clínica da psicose: o trabalho feito por muitos. Abrecampos, Periódico de Saúde Mental do Instituto Raul Soares – FHEMIG; 2000: nº 1. Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates

Roudinesco E. Porquê psicanálise? Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2000

Nominé  B. O Sintoma e a Família - Conferências Belorizontinas - Belo Horizonte: Escola Brasileira de Psicanálise, outubro, 1997. Disponível na biblioteca da Escola Brasileira de Psicanálise

Millot, C. Educação e Desenvolvimento: a sexualidade infantil, a crítica freudiana da Educação. In: Freud Anti-Pedagogo. Rio de Janeiro, Editora Zahar, 1987.

Coordenação de Saúde Mental. Secretaria Municipal de Saúde. Hospitalidade Noturna: um ousado sonho. In: Sirimim Ano III nº 3,agosto/dezembro de 2004.  Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates

Coordenação de Saúde Mental. Secretaria Municipal de Saúde. Atenção à Saúde Mental da Criança e do Adolescente: trajetória de construção de uma política. In: Sirimim Ano IV, nº 1, janeiro/abril 2005.  Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates

 

 

CARGO MÉDICO - PSIQUIATRIA

 

Conteúdo Programático:

1. A história das relações entre sociedade e loucura: a loucura nas diferentes épocas; a Grande Internação; o nascimento do hospital psiquiátrico; o saber e o poder psiquiátricos na constituição do conceito de doença mental.

2. As Reformas Psiquiátricas: as experiências reformistas (comunidades terapêuticas, psiquiatria de setor, psiquiatria preventiva); as experiências em ruptura com o modelo psiquiátrico tradicional ( a antipsiquiatria, a psiquiatria democrática). Modelos atuais de Reforma Psiquiátrica, especialmente as experiências brasileira e italiana. A prática dos serviços substitutivos em Belo Horizonte.

3. A legislação referente à Saúde Mental. As relações entre loucura, cidadania e direito.

4. Clínica psiquiátrica:

- Nosografia, nosologia e psicopatologia.

- Terapêutica: psicofarmacologia, psicoterapias.

5. Noções básicas de psicanálise e suas interfaces com a psiquiatria e a saúde mental.

6. Saberes e poderes no campo da saúde mental: impasses e confrontos.

 

Referência Bibliográfica:

Foucault M. A Loucura e a Sociedade. In: Barros da Motta M (ORG.). Ditos e Escritos; Michel Foucault: Problematização do Sujeito. Forense Universitária, Forense Universitária, 1ª edição, 1999.

Machado R. Uma arqueologia da percepção. In: Machado, Roberto. A trajetória da arqueologia de Foucault. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

Foucault  M. O poder psiquiátrico. In: Foucault, Michel. Resumo dos cursos do Collège de France ( 1970 - 1982 ). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1997

Desviat M. A Reforma Psiquiátrica. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 1999.

Rotelli F, De Leonardis O, Mauri D. Desinstitucionalização, uma outra via. IN: Nicácio F(org.). Desinstitucionalização. São Paulo: Editora Hucitec, 1990.

Loucos pela vida: a trajetória da reforma psiquiátrica no Brasil. Amarante P (org).  Rio de Janeiro: SDE/ENSP, 1995.

Abou-yd M,  Lobosque AM. A cidade e a loucura: entrelaces. In:  Dos Reis AT et al (org). Sistema Único de Saúde em Belo Horizonte: Reescrevendo o público. Xamã Editora, São Paulo, 1998.

Campos  C.R. Cidadania, Sujeito, Cersam e Manicômios. Em: Metipolá, Revista do Cersam Leste. Belo Horizonte: Prefeitura de Belo Horizonte Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates

Hospitais psiquiátricos: saídas para o fim. Abou-yd M (org), Belo Horizonte, Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais, 2002.  Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates

Lobosque A.M. Clínica em movimento: o cotidiano de um serviço substitutivo em Saúde Mental. In: Clínica em movimento: por uma sociedade sem manicômios.  Rio de Janeiro. Editora Garamond, 2003.

Ministério da Saúde. A Política do Ministério de Saúde para a Atenção Integral a  Usuários de Álcool e outras Drogas. 2ª Edição, revista e ampliada,2004. Disponível no site acesso 17/02/2005). Disponível no site http://www.inverso.org.br ( último acesso 17/02/2006).

Lei Federal n. 10. 216, de 6 de abril de 2001 Disponível no site http://www,inverso.org.br link: legislação brasileira/leis federais

Leis estaduais: Lei 11 802, de 18 de janeiro de 1995, e Lei 12. 684, de 1 de dezembro de 1997.  Disponível no site http://www,almg.gov.br link legislação mineira

Otoni Barros F. O PAI-PJ- Projeto de atenção interdisciplinar ao paciente judiciário. In: Caderno de Textos. III Conferência Nacional. Cuidar sim, excluir não. Brasília: Ministério da Saúde, 2001. Disponível no site http://www.inverso.org.br link biblioteca/relatoriosemanuais/caderno de texto da 3ª conferência de saúde mental/cap. XVIII (psiquiatra e justiça)

Godinho Delgado PG. Pessoas e Bens: Sobre a cidadania dos Curatelados. In:

Amarante P, Bezerra JR B ( orgs. ). Psiquiatria sem Hospício: Contribuições ao estudo da Reforma Psiquiátrica. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1992.

Kaplan H, Sadock B. Compêndio de Psiquiatria, 7ª Edição. Porto Alegre: Artemed, 1997.

Ey  H, Bernard P,  Brisset C. Manual de Psiquiatria, 5ª edição. Rio de Janeiro: Masson e Atheneu Editoras, 1978.

Saraceno B,  Asioli  F, Tognoni G. Manual de Saúde Mental: Guia básico para atenção primária. São Paulo, HUCITEC, 1994.

Dalgalarrondo P. Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais. Porto Alegre, Artmed, 2000.

Schatzberg  AF, Cole JO, DeBattista C.  Manual de Psicofarmacologia Clínica. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan, 4a Edição, 2004.

Saraceno B. Questões Abertas em psicofarmacologia . IN: Duzentos anos de Psiquiatria ( Silva Filho JF, Russo J, ORG.) Rio de Janeiro, Relume Dumará/Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1993: 163-80.

Saraceno, B. Libertando Identidades: da reabilitação psicossocial à cidadania possível. Rio de Janeiro: IFB/ Te Corá editora, 1999.

Freud S. A perda da realidade na neurose e na psicose ( 1924 ). In: Freud, Sigmund. Obras Psicológicas Completas, volume XIX. Rio de Janeiro: Imago Editora.

Freud S. O caso de Schreber : Notas psicanalíticas sobre um relato autobiográfico de um caso de paranóia ( dementia paranóides ) ( 1911 ). In: Freud, Sigmund. Obras Psicológicas Completas, volume XII. Rio de Janeiro: Imago Editora.

Freud S. Psiquiatria e Psicanálise ( Conferência XVI ). Conferência Introdutórias sobre Psicanálise ( 1917 ). In: Freud, Sigmund. Obras Psicológicas Completas, volume XVI. Rio de janeiro: Imago Editora.

Freud S. Observações sobre o amor transferencial ( Novas recomendações sobre a técnica da psicanálise III ) ( 1924 ). In : Freud, Sigmund. Obras Psicológicas Completas, volume XII. Rio de Janeiro: Imago Editora.

Miller JA. Psicanálise e Psiquiatria. In: Miller JA. Lacan Elucidado : palestras no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1997.

Lobosque AM. Impasses da clínica? In: Clínica em movimento: por uma sociedade sem manicômios. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2003.

Coordenação de Saúde Mental. Secretaria Municipal de Saúde. Hospitalidade Noturna: um ousado sonho. In: Sirimim Ano III nº 3,agosto/dezembro de 2004. Disponível no Centro de Educação em Saúde  Rua Frederico Bracher Júnior 103/3º - Carlos Prates